Arquivo da tag: Mocoté

Eu por aí

Esse post não vai  ter nenhuma novidade pra quem me segue no Twitter ou é meu amigo no Facebook, mas não custa deixar aqui registrado dois textos meus escritos semana passada, publicados em outros blogs:

O livreiro

Livros, Internet e escrita

O pessoal lá do blog d’O Livreiro pediu minha opinião (o que me deixou bastante lisonjeada, devo admitir) sobre um texto do Umberto Eco falando sobre o fim da escrita, do quanto as pessoas escrevem com cada vez menos domínio da caneta (ou seja, no quanto a letra das pessoas está cada vez mais feia), e quais seriam as consequências (prejudiciais ou não) desse fato. Acho uma discussão bem interessante – pra quem ainda não leu e quer saber o que eu acho, clique aqui.

banner_malla

Viagens, Lordrastajr e aniversário do blog da Lucia Malla:

O blog da minha querida Lucia está fazendo cinco anos, e ela convidou algumas pessoas para falar sobre viagens lá no blog. Resolvi falar de como meu pai me ensinou a viajar e como consegui incutir esse mesmo gosto no meu filho de uma forma que até me pegou desprevenida. Ficou bacana viu? E confesso que fiquei surpresa com os elogios ao texto. Como aniversário a gente tem que comemorar, então tratem de passar lá e dar os parabéns!!

Mocotó

graça


Viaje na Viagem visita Mocotó e Sambão da Roosevelt

Todo mundo sabe o quanto eu adoro o blog do Riq Freire, que eu acompanho há vários e vários anos, cujos frequentadores do blog formaram uma verdadeira confraria de viajantes.

Nesse último fim de semana, por conta da vinda da Mérel a São Paulo, fomos ao Mocotó, restaurante hypado de São Paulo por n motivos (alguns deles, desconfio, inconfessáveis #dontask) e em seguida apresentei o “meu” Samba da Roosevelt pra quem ainda não conhecia. As impressões do Ricardo você confere lá no blog dele.

boia2

Receber elogios de quem você admira… não tem preço

E não é que quando fui ver o post mencionado aí em cima dei de cara com esse post aqui, onde o Riq me elogia horrores? Sabe quando a professora coloca estrelinha na lição? Foi exatamente como me senti. Poucas coisas são mais gratificantes do que receber elogios daqueles nos quais você se espelha. Fiquei vraiment emocionada, e mais emocionada ainda com os comentários que todo mundo do VNV fez pra mim e pro meu filho.

Só vou falar uma coisa: fui dormir com um sorriso no rosto.

:-)

Share